quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Vogue Paris | The Fashion Dolls por Giampaolo Sgura

Em tempos onde para se ter "estilo" basta pagar as pessoas certas, este editorial da Vogue Paris de dezembro/janeiro de 2014/2015 usa um sarcasmo sutil para abordar o tema. Em um primeiro momento foi inspirado pela coleção da Moschino, que teve como ponto de partida para a coleção de primavera 2015 a boneca Barbie. Porém, a boneca é um dos maiores símbolos da padronização, sendo usada por muitos como exemplo de perfeição. Qualquer semelhança com os tempos atuais não é mera coincidência. Talvez a fome voraz pelo luxo e pelo consumo estejam intrinsecamente ligadas ao fato de que quanto mais opções e "liberdade" que a modernidade tenta nos trazer, mais as pessoas desejam parecer clones grifados fabricados em série, assim como a própria Barbie. Afinal todos querem um pedacinho do luxo, .  

Estrelado pelas modelos Elizabeth Erm e Magdalena Frackowiak, o editorial tem imagens muito interessantes e muito bem produzidas capturadas pelo fotógrafo italiano Giampaolo Sgura. E ai, qual das bonecas você gostaria de ter na sua coleção? 





segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Rixton - Me And My Broken Heart e Wait On Me

Olá, sentiram minha falta?! Eu senti muita falta de escrever aqui. Amanhã apresento o TCC (desejem-me sorte) e finalmente FÉRIAS! =)

Mas voltando ao assunto desse post, semana passada esbarrei em um cover incrível feito pela cantora Andie Case de uma música que eu nunca havia ouvido. Sabe aquelas músicas que fazem você prestar mais atenção e te viciam logo de cara? Pois é. Ai fui atrás para saber quem era o autor da versão original da canção e descobri que se tratava do primeiro single da banda Rixton.

Rixton é uma banda inglesa formada por quatro integrantes. A música Me And My Broken Heart foi sucesso na Europa e América do Norte, alcançando o primeiro lugar das paradas britânicas e garantindo uma vaga como show de abertura da turnê da nova queridinha do pop Ariana Grande (que ganhou um cover incrível deles). E se você percebeu alguma semelhança com Lonely No More do Rob Thomas não é mera coincidência: os caras são fãs do Rob e resolveram usar partes do single de 2005 em sua própria composição. O segundo single, Wait On Me, também é delicinha demais, com uma vibe mais dançante que seu antecessor. 

O primeiro álbum de estúdio deles será lançado dia 6 de janeiro nos Estados Unidos e internacionalmente em março. Não entendi muito bem a logística de esperar tanto tempo entre um lançamento e outro, mas enfim... Fato é que a música desses ingleses é incrível! Pode apostar que ainda ouviremos falar bastante dessa banda.

Me And My Broken Heart



O Cover



Wait On Me


terça-feira, 11 de novembro de 2014

17 razões pelas quais eu não sou bitch e sim sarcástico


Quem convive diariamente comigo sabe o quanto eu posso ser sarcástico. Nem todo mundo foi abençoado com esse dom que funciona como uma espécie de escudo no dia a dia. Afinal, não é sempre que se pode dizer o que se pensa, por isso essa é a melhor forma de dizer o que há na mente sem realmente dizê-lo.

Porém, muita gente confunde sarcasmo com bitchness, ou até mesmo arrogância, mas há uma linha tênue que os separa. Por isso eu não poderia deixar de traduzir essa lista do Elite Daily que explica didaticamente todas as diferenças entre uma pessoa bitch e uma pessoa sarcástica. Isto é, se você conseguir entender onde é sério e onde é sarcasmo na lista. 

Pessoas sarcásticas não são bitches, eles apenas te dizem a verdade.


O fato de eu dizer a verdade me torna uma bitch?

O fato de você não querer ouvir a verdade não quer dizer que a pessoa que te disser é ruim. De onde você acha que nasceu a expressão "não atire no mensageiro"?

Ser bitchy é intencional, ser sarcástico é bem-humorado.


Porque você não está rindo de mim? Tudo o que eu digo é engraçado e adorável.

Ser bitch se resume a ser rude, desdenhoso e condescendente; De fato o sarcasmo pode ser desse jeito de vez em quando, mas é bem-humorado por natureza, e não rude.

De que outra forma você vai se relacionar com seus amigos?


Pura amizade não adulterada.

Quanto mais sarcástico você é com seus amigos, melhor será sua relação com eles e, assim, mais forte o seu vínculo se tornará. Quero dizer que quem quer ser amigo de um monte de gente que não consegue sequer entender uma piada.

E de que outra forma você vai confundir estranhos?


Eu não gosto de pessoas e sarcasmo é minha única defesa.

De que outra forma você conseguiria tolerar pessoas que não gostaria de falar? Ser mal educado não é uma opção, então é melhor disfarçar a falta de paciência através do sarcasmo.

Ser bitchy é de propósito, ser sarcástico é natural.

Florais? Na primavera? Inovador.

É preciso decidir por ser bitchy; As pessoas não são tão más assim por absolutamente nenhuma razão. Sarcasmo, por outro lado, é algo em que você é naturalmente fluente.

Para quê perguntar se você não quer realmente ouvir a resposta? 

"Adorável"

Por alguma razão as pessoas fazer perguntas que elas não querem ouvir a resposta. Infelizmente (para eles), eles as fazem e, quando recebem a verdade, pensam que a pessoa que respondeu é rude ou algo do tipo... o que nos retorna para a pergunta inicial: para quê perguntar se você não quer realmente ouvir a resposta.

.